Tag Archives: Grey’s Anatomy

As mulheres mais chatas das séries

9 jan

Passou Natal, passou Ano Novo e, mais importante, passou o maldito hiatus que faz a gente sentir aquele vazio absurdo sem as nossas séries favoritas! (Obs: Se alguém souber de algum grupo de desintoxicação de séries, entre em contato)

Nos preparando para este momento (e tentando tirar o foco do BBB12) observei uma das minhas séries favoritas: “The Walking Dead”. Entre um zumbi aqui e uma correria acolá me veio uma revelação: “Rapaz, a Lori é a pessoa mais chata do mundo!”.

–Atenção, há spoilers daqui pra frente. Se você não assistiu… tá esperando o que? A série tá voltando, manolo!—

Veja bem, o apocalipse zumbi aconteceu, você tá lá na maior merda do mundo, pesando que não tem nada pior do que ser mordida ou seu marido descobrir que você meteu a galhada nele quando BUM seu filho toma um tiro no meio do nada. E A MULHER VAI RECLAMAR QUE O SUJEITO QUE VAI TIRAR A BALA É UM VETERINÁRIO.

Minha filha, você não tem nem com o que limpar a bunda, tá reclamando do quê?

Nesse vídeo a bonitona conta que tá grávida e pode ser de outro. E vem cobrar sinceridade do marido. Senta lá!

Minha irritação fez com que eu me animasse para uma listinha nossa! Com vocês, as mulheres mais insuportáveis das séries:

Grey’s Anatomy – Izzie (até era legal no começo, mas quando entrou na loucura de ver o fantasma do Deni, a gente tava torcendo pra ela ir pra luz)

House- Dra. Cameron (a sempre do contra, conseguiu ficar ainda mais insuportável quando começou a cobrar ética do House)

Gossip Girl – Vanessa (a pobrinha do grupo que nunca quer se misturar, mas quando tem boca livre e vingancinha é a primeira a fazer fila)

Glee – Quinn (não decide se é boa ou ruim e fica nessa crise bipolar sem fim)

Desperate Housewives – Susan (era a personagem cômica da série e funcionou por bastante tempo. Mas nessa última temporada VIVE em crise de identidade, enchendo o saco de todo mundo. Chega Susan! Aliás: Chega, Desperate! As duas já deram tudo o que tinham que dar)

Nip/Tuck – Julia McNamara – (puta merda! a personagem mais chata da história das séries! Se você assistia Nip/Tuck, lembra que era muito boa no começo, mas da 4ª temporada até seu fim foi uma loucura sem pé nem cabeça. E acho que a personagem Julia ficou perdida no meio: era casada com um, apaixonada pelo melho amigo do marido, depois teve um caso com um anão… sabe?? E chorava de se acabar que olha, era desesperador!)

Sex and the City – Charlotte (a romântiquinha chata da Charlotte era a única das quatro mulheres de Sex and The City que eu não me identificava! Tudo ela queria ver amor, tudo era drama, tudo era… chato! Mesmo quando finalmente achou o amor de sua vida, vivia com nojinhos e birrinhas! Mulherzinha cheia de mulherzice, manja? O pior tipo…)

True Blood – Sookie (tem dois vampiros, um lobisomem e um metamorfo apaixonados por ela, mas tá sempre de mimimi sem saber quem escolher. Além de ser um FA-DA)

Parenthood – Kristina (a pessoa tem a família mais complicada EVER, mas pentelha tanto o marido que já tá rolando uma torcida pra ela ganhar um chifre com a secretaria)

—- Observação importante: NENHUMA mulher de sitcom irrita. Bom humor é tudo, né gente?

Anúncios

Onde estavam os atores antes de Grey’s #seublognoraiox

27 jul

Quando a gente ama uma série, a gente acaba amando seus personagens –ou odiando—e torcendo por eles. Às vezes a gente até mistura ator com personagem e fica seguindo todas as produções pelas quais nossos queridos passam.

Com Grey’s Anatomy não podia ser diferente e todo mundo corre pra ver o filme com o McDreamy sendo lindo como só ele sabe ser.

Mas o que esse povo fazia antes da nossa série favorita? Pega na mão da tia e vem descobrir:

Patrick Dampsey (Derek Shepherd)

O seu, o meu, o nosso, McDreamy. Já que foi citado na abertura do post, não poderia começar com ninguém mais. A série estreou em 2005 e depois disso você pode vê-lo em “Encantada”, “Idas e Vindas do Amor” e, se correr agora pro cinema, pega ele em “Tranformers 3 – O Lado Oculto da Lua”.

Mas antes de ser o médico mais fofo do mundo (até a última temporada) ele fez “Doce Lar” com a legalmente loira Reese Witherspoon. Mas ele acompanha a gente faz mais tempo.

Se você, como nós do Múltiplos Pop!, tá nos 20 e poucos anos deve ter visto alguma vez na Sessão da Tarde o filme “Namorada de Aluguel”. Agora, pasme, o nerdinho desajeitado é o nosso McDreamy mal saído das fraldas!!!

Ellen Pompeo (Meredith Grey)

A protagonista da série antes de ser a Mer era participação especial! Sim, fora alguns curtas e filmes pra tv, a Ellen fez no máximo algumas pontas em outras séries. Ela até participa de “Friends” –mas vamos combinar, quem não participa de Friends?

O único papel mais “relevante” que a atrapalhada residente fez foi uma das aeromoças que acompanham Leonardo DiCaprio em “Prenda-me Se For Capaz”. Sempre bem acompanhada a moça.

Sandra Oh (Cristina Yang)

As melhores amigas da ficção seguiram caminhos parecidos na vida real. Sandra tem algumas participações em séries como “Popularidade” e “A Sete Palmos”.

Se você estiver prestando atenção vai reconhecer a atriz numa ponta em “O Diário da Princesa”, mas suas grandes atuações mesmo foram nos filmes “Sob o Sol da Toscana” e “Sideways”. Além disso, ela trabalhoucom dublagens do que com filmes live action.

Eric Dane (Mark Sloan)

O lindo do McSteamy já deu o ar da graça em “Marley & Eu”, “X-Men 3”, “Burlesque” e “Idas e Vindas do Amor”. Mas tudo isso ele fez depois de trair o melhor amigo em Grey’s.

Antes disso, você vai encontrá-lo em filmes para a tv, participações especiais e em “Charmed”, por quase uma dúzia de episódios.

Chyler Leigh (Lexie Grey)

A mini-Grey começou a carreira cedo, como modelo. Mas antes de Grey’s você provavelmente NUNCA ouviu falar dela.

A menos que você seja uma pessoa muito estranha e tenha assistido várias vezes “Kickboxing Academy”.

Uma curiosidade: o rapaz da vídeo é irmão da atriz na vida real! E também um ex-Power Ranger.

Justin Chambers (Alex Karev)

O cafajeste que todo mundo ama odiar estrelou “Zodíaco” no mesmo ano de estreia de Grey’s.

Além disso, fez alguns filmes para a tv e participou de “Cold Case”.

Sara Ramirez (Callie Torres)

A nossa médica ortopedista maluquinha participou de algumas mega produções, mas no meio do galere.

Ela faz parte do coro em “Chicago” e uma policial em “Homem Aranha 2”. Boa sorte brincando de onde está Wally, ou melhor, Sara.

O vídeo abaixo é uma espécie de versão Broadway de Monty Python:

Ainda bem que agora dá pra conferir os atores em Grey’s Anatomy no Canal Sony, toda segunda às 22h.

De mulher pra mulher Meredith & Cristina #seublognoraiox

26 jul

Meredith e Cristina, as principais personagens de Grey’s Anatomy, protagonizam a amizade mais fantástica da série. Completamente diferentes uma da outra, estão ali, lado a lado sempre. No meio de explosões, afogamentos e tiroteios.

Meredith está sempre às voltas com seus casos de amor. Seus Mc Dream, Mc Vet. Mc fulano que encontrou na balada. Tem sempre alguma história e quando começa a falar, é constante e quase repetitiva. De fora pode até parecer egoísta, egocêntrica. Mas não é. Ela tem marcas profundas que esconde bebendo uma garrafa de tequila. E do seu jeito vai estar sempre, sempre ao lado de Cristina.

Cristina é fechada. Sarcástica. Para muitos, insensível. E é aí que mora o erro. Ela percebe tudo o que está acontecendo e sabe como ninguém fazer louca e fingir que está ouvindo todas as histórias longas e dramáticas da Mer. E no fundo ela está mesmo, mas só as partes que realmente importam.

A questão é que só quem já teve (ou tem) uma melhor amiga entende exatamente a relação da Meredith e Cristina. É aquela coisa de amar com defeitos, de se aceitar como é. De amar e odiar no mesmo minuto. De querer que seja a primeira a saber de algo. De não ser capaz de imaginar sua vida sem a outra.

Para que vocês entendam, separamos alguns vídeos.

Perder a melhor amiga já é uma dor irreparável. Agora imagine correr o risco de perder a melhor amiga e não ter tido tempo de contar as fofocas do dia para ela??!? Eu nunca me recuperaria….

Eu ainda choro vendo esse vídeo..

Eu acho que essa é uma das cenas mais melosas das duas. Juro! E eu super acredito que é de verdade verdadeira….

 

Adoro quando a Mer defende a Cristina de todo mundo!! Porra…elas são famílias…sisters!! Nada mais justo!

 

Lembra daquela história de que as amigas não conseguem viver uma sem a outra? Pois é..acrescente doses de sinceridade e aquela necessidade de escutar “Estou ao seu lado, sempre”…

 

E, definitivamente, esse vai ser sempre meu momento favorito ever da Meredith & Cristina. É o que simplifica com uma frase essa amizade fantástica….YOU ARE MY PERSON!

 

Eu, tks GOD, tenho muitas melhores amigas. Mas para felicidade geral da nação da minha vida, tenho uma Cristina pra chamar de amiga…a minha person =) E vc?? =)

Pra acompanhar mais dessa dupla dinâmica infálivel, é só ligar sua tv no Canal Sony toda segunda às 22h!

Especial Grey’s Anatomy – Evolução dos personagens #seublognoraiox

25 jul

Não é segredo pra ninguém o quanto todos nós do Múltiplos Pop! amamos séries! Somos viciadinhos em várias! Mas tem uma que ocupa um lugarzinho especial em nossos corações: Grey’s Anatomy. Desde de 2005, quando começou a ser transmitida por aqui pelo Canal Sony, sentimos que rolava uma ligação especial com a série e com seus personagens.

Pra quem não sabe, Grey’s Anatomy conta a rotina de jovens residentes médicos no hospital Seatle Grace (hoje, já conhecido como Seatle Grace Mercy West). Simples, né? Não muito, na verdade. A série começou assim, mas evoluiu tanto, mas tanto, que é até difícil comparar a drama de hoje com a que se desenrolava 6 anos atrás. Entrando em sua oitava temporada, GA mostra personagens mais complexos, aborda assuntos mais polêmicos e nos deixa cada vez mais envolvidos com o que se passa dentro e, principalmente, fora das paredes do SGH.

Mesmo que a personagem principal seja Meridith Grey (que dá nome à série), cada um dos médicos tem suas vidas mostradas individualmente, o que faz com que muitas vezes o foco saia dela e passeie por todo o elenco.

E, como já comecei falando do que interessa, o primeiro post será justamente sobre a evolução dos personagens principais.

– Meridith Grey – como já disse ali em cima, Mer (para os íntimos) é a principal, a que deu nome à série. A trama começou ao redor dessa nova residente e foi se espalhando (loucamente, eu diria) por todos que a cercavam. As raízes da jovem médica são brilhantes, sua mãe, Dra. Ellis Grey, era uma das mais importantes neurocirurgiãs e trabalhou ali, naquele mesmo hospital, ao lado de seu agora chefe. Mas a história de vida de Meridith acabou deixando-a um pouco… perturbada. O pai alcoólatra que a abandonou ainda criança e a mãe nunca presente fizeram de Grey uma pessoa, no mínimo, desapegada! Principalmente com relação a homens…

Eis que numa de suas noites de bebedeira, surge Derek Sheperd – o nosso McDreamy! Para resgatar Meridith do fundo do poço (depois de muitos e muitos dramas, neh?!) e transformá-la numa pessoa positiva e amável. Bom, ou o mais próximo disso que ela pode chegar. Claro, Derek deu suas mancadas aqui e ali, mas acredito que ele foi o maior responsável pela Meridith menos pessimista e mais carinhosa que vemos hoje. Só a tendência suicida dela que ainda não foi totalmente curada… mas vamos falar disso mais pra frente.

– Derek Sheaperd – o marido mais lindo, fofo, romântico, sexy, tudo de bom do mundo das séries! Tirando a season finale da sétima temporada, McDreamy sempre foi UM LINDO! Sofreu que nem um cão nas mãos da ex-mulher (que o traiu com o melhor amigo) e demorou para se acertar de vez com Meridith, mas quando conseguiu… foi só alegria! Acho que talvez seja o personagem mais estável da série – até agora, porque depois da SF, tudo pode acontecer.

– Cristina Yang – a minha, a sua, a nossa Cristina! Melhor amiga é pouco… ela é a pessoa da Meridith! Começou sendo só uma personagem chata que implicava com tudo e era grossa com todos. Hoje, ela rouba todas as cenas e nessa última temporada não teve pra ninguém! Cheia de emoções e complexos, Cristina e Meridith protagonizam diálogos malucos, situações totalmente tragicômicas e estão sempre juntas quando uma precisa da outra – o que acontece com muita frequência! Cristina já quase casou, já quase foi mãe, já quase abandonou a carreira e já quase me matou do coração! O melhor dessa personagem é a visão de mundo que ela tem, totalmente diferente da maioria das mulheres, e completamente sarcástica! Tem sido bem fiel ao que se mostrou desde o começo, não sei nem se “evolução” é o termo certo pra o que ela se tornou hoje… optaria mais por “amadurecimento” – nossa, será que eu amo a Cristina? Ahaha!

– Alex Karev – o mulherengo macho-man do SGH! Mas ele tem sentimentos! Na primeira temporada apareceu como um cachorrão que pegava geral e não se importava com ninguém. Logo de cara, começou um romance com Izzie, mas que não engatou. Depois, se apaixonou por uma de suas pacientes que havia sofrido um grave acidente e perdido a memória. A mulher voltou pra família dela e ele voltou pra Izzie, que praticamente declarada morta devido a um câncer, finalmente virou sua esposa. E quando se curou o abandonou de novo e saiu da série graças a Deus. Teve uns casos aqui e outros ali, mas sempre que se envolve acaba mal. Ah! E claro, já quase morreu depois de levar um tiro no peito.

Hoje, Alex continua mulherengo mas só trata mal as mulheres quando está bêbado ou bravinho com alguma coisa. Mas, afinal, haja saco pra tanto pé na bunda. O cara era super frio quando começou no SGH e hoje consegue se envolver mesmo sabendo que as chances de sair machucado são altas.

O maior problema desse personagem é a superficialidade com que o enxergamos. Sim, sabemos que ele tem vários problemas familiares, mas nada é muito aprofundado. Até porque sua única amiga é a Meridith – e pelo o que vimos na SF, isso não dura muito mais. Alex evoluiu, mas seria muito legal ver um pouco mais dele – só dele, não dos rolos amorosos – na série

– Bailey – a residente chefe do Seatle Grace Hospital começou na série com o apelido de “The Nazi”, pra vocês terem uma noção de como ela era querida! Tão querida que quase ninguém a chama pelo primeiro nome, Miranda. Mas claro que essa proteção foi sumindo no decorrer das temporadas. Miranda acabou se envolvendo demais na vida de seus residentes e, claro, aprendeu a amá-los Mas isso sou eu quem está dizendo, essas palavras jamais sairiam da boca da Dra. Bailey!

Acidente com o marido, nascimento do filho, a morte de alguns residentes e a separação, fizeram de Miranda uma figura mais humana do que só médica. Os envolvimentos amorosos depois do divórcio, também fizeram com que os telespectadores a vissem de uma forma mais leve. A Nazi mesmo nunca mais apareceu!

– Chief – o chefe de medicina que manda em tudo e todos! Mais ou menos… Bom, Richard Webber não é menos problemático que ninguém naquele lugar! Ex-amante da famosa Dra. Ellis Grey (mãe da Meridith), foi bem odiado pela nossa protagonista no inicio. A descoberta de tudo que aconteceu no passado fez com que esses dois personagens crescessem juntos e hoje se consideram família! Deixando isso de lado, Richard casou, separou e voltou com a esposa. Teve recaídas com seu problema de alcoolismo, descobriu um tumor no cérebro e deu a volta por cima para, agora, descobrir que sua amada Adele esta com a mesma doença que matou sua antiga paixão: Alzheimer.

Bom, deu pra ter uma idéia de que TUDO acontece no Seattle Garce Mercy West, neh?! Além dos conflitos internos, os médicos têm que lidar com bombas, tiroteios e, claro, a morte diariamente. Especialmente esses seis personagens, já que são os únicos que estão juntos desde o começo.

Depois desse rápido resumo, você está convidado a participar da nossa semana especial Grey’s Anatomy – #seublognoraiox, como parte de um concurso promovido pelo Canal Sony BR.  No decorrer da semana vamos contar mais da história de cada um deles, mas acho que estes são os mais importantes desde o começo da série e, de uma forma ou de outra, todo o resto se conecta a algum deles. Enquanto isso, não se esqueça de conferir Grey’s Anatomy no Canal Sony, toda segunda às 22h.

Retrospectiva 2010: SÉRIES

21 dez

Semana passada começamos a Retrospectiva 2010 do Múltiplos Pop! e vamos dar continuidade às nossas listinhas hoje. Desta vez veremos os Melhores do Ano na categoria “Séries”. Não posso deixar de lembrar que tudo isso é nossa opinião e que vocês tem todo o direito (razão, eu diria) em discordar. O que não significa que vá interferir alguma coisa. Ou significa. Só esperando pra saber.

SEGURA NA MÃO DE DEUS E VAI!

Continue lendo

Episódios de Grey’s Anatomy patrocinados pelos lenços Kleenex

23 set

Tenho certeza que falo por todas as meninas do Múltiplos Pop! quando digo que amamos “Grey’s Anatomy”. A gente ri, fica brava, se apega, pega abuso e, principalmente, chora.

E chora muito, afinal Shonda Rhimes parece ser patrocinada pelos lencinhos de papel Kleenex.

E como “Grey’s Anatomy” volta hoje à teve norte-americana e o final da última temporada foi responsável pelo extermínio de 1 caixa de lenços, selecionei algumas cenas mais emocionantes de toda a série.

A trilha sonora também conta muito, então os nomes das bandas e canções estão juntos.

Vamos lá:

* 2×17 As We Know It

– Música: Anna Nalick – Breathe

* 3×17 Freedom

– Música: Ingrid Michaelson – Keep Breathing

* 5×13 – End

Powderfinger – Drifting Further Away

* 5×22 What a Difference a Day Makes

– Ingrid Michaelson – Turn to Stone

* 6×23-24

– Essa season finale é tão tensa que nem dá pra escolher uma única cena, fica o sneek peak

P.S. Ficaram muitas cenas de fora, como a morte do Danny Duquette. Fiquei bem mal nessa cena, mas ele voltou tanto depois que eu deixei ele de castigo…

Achava “Anatomia da Grey” ruim?

9 jun

O que acha de um “A Corazón Abierto”?

A Folha publicou hoje uma matéria sobre a versão colombiana de “Grey’s Anatomy”. A caracterização dos personagens é praticamente igual, os negros do elenco foram substituídos, a mocinha é bem resolvida, enche a cara porque perdeu o noivo e o médico (que será seu par) não faz sexo com ela, cuida do seu porre.

Mas como ver é melhor do que ouvir falar, toma aí:

– O início é idêntico ao piloto de Grey’s

– E uma promo pra dar uma olhada geral e tentar achar um McDreamy

É, a tradução para “Anatomia da Grey” no Sbt não parece mais tão ruim. Muito menos a série ser divulgada com um “americano também gosta de novela”.

Em tempo: O nome do seriado/novela é porque “é a história de dois médicos com o coração aberto e cheios de amor”. Então tá.

Bottons e chaveiros de séries

2 jun

Já conhecem o Slacker Store? É um blog especializado em venda de bottons e chaveiros de músicas, filmes e, para a alegria dos viciadinhos como eu, séries! Outro adepto do “faça-você-mesmo”, se cansou de esperar por produtos oficiais e nos alegrou com essa idéia genial! Dentre os bottons de séries mais legais estão Grey’s Anatomy, The Big Bang Theory, Os Simpsons e Pushing Daisies (a série mais linda do mundo…)!

EU QUEROOOOO!

As vendas estão abertas até o dia 08 de junho, terça-feira da semana que vem. Então corram para comprar tudo que sempre quiseram ter de sua série, filme ou banda favorita!

Vi no Serial Cookie.

Um post nerd…

25 maio

…para comemorar o dia da toalha.

Foco na toalha, por favor.

Agora de volta com a programação normal!

EGO, contrata eu!

21 maio

Eu sei que a Katherine Heigl saiu de Grey’s Anatomy! Sou super atualizada! Pelo menos mais do que o infeliz que escreveu isso!

%d blogueiros gostam disto: