Plantão #BBB11 – Um programa incoerente

10 fev

Incoerência é a palavra que define a décima primeira edição do Big Brother Brasil. Incoerência de todas as partes. Bonifácio, participantes e público. A falta de noção é geral.

Boninho, como eu já disse antes, tá brincando sozinho. Meu programa, minhas regras. Nada é claro, exposto. As regras do jogo vão aparecendo enquanto a merda tá rolando. E nós, telespectadores, temos que ficar tentando adivinhar o próximo passo. O que vem agora? Se pra gente já é complicado, imagina pra galera lá dentro…

Mas temos também que admitir que o público não deve nem ser levado a sério. Porque né, juntar sua gangue pré-adolescente pra fazer Rodrigão (aka Samamboy) não ser eliminado porque ele é BONITO (e só) não é normal. Ok. Cristiano não agia TANTO assim, mas arrisco dizer que até Janaína (aka Plantaína) tem mais efeito no jogo ultimamente que Rodrigão. No jogo. Porque, veja bem, catar a princesinha da casa NÃO É JOGAR. O que me leva a incoerência dos participantes.

Participantes estes que crucificaram Maria Meg quando, do nada, Maurício voltou pra casa. Crucificaram porque ela flertou com o novo brother, Wesley. E, né, flertar É cornear. Porque ela e Mau Mau passaram o que? Três semanas juntos? Inadmissível. Rodrigão, inclusive, aconselhou o amigo: “Se fosse comigo, pulava fora”. Mas como com ele é os papéis estão invertidos. Então não tem problema algum. Pulou dentro.

"Eu me sinto culpada, mas não me arrependo"

Sim. Finalmente Samamboy se mexeu e deu uns pegas em Adriana, a Pura. A menina que bateu no peito com orgulho ao afirmar que tem um namorado (gato) fora da casa. A menina que disse que não é dela fazer esse tipo de coisa. Uma menina de família. Mas, gente, o Rodrigão é bonito demais, né? Foda-se a família. E, como bem disse Diogo na brigona com Paulinha, “Foda-se o que o Brasil tá pensando”. E, juro, super concordo. O que não concordo é tratarem Meg do jeito que ela tá sendo tratada por uma coisa que ela NEM CHEGOU A FAZER. E ao mesmo tempo aplaudirem Adriana por ter consumado o ato. Incoerência.

O que eu tenho lido muito por ai é, também, a incoerência do Mau Mau. Porque ele não consegue “perdoar” Meg pelo o que rolou com Wesley. Mas consegue achar bonito a menina que namora há trocentos anos beijar o bonitão da casa, amigo dele. E ai, eu te pergunto: será que é isso mesmo? Dor de corno? Acho que vai um pouco além.

Sério. Até em DR que não é dele, Diogo quer se meter.

 

O foda é que não foi ao ar, mas sabemos que Maurício tá com a pulga atrás da orelha porque Ariadna contou pra ele que Maria Meg era/é garota de programa. Mas ele quer ouvir dela. Quer sinceridade. Quer verdade. E acho bem difícil ela admitir isso assim. Na caruda, pra quem quiser ouvir. E digo mais, acho de verdade que ele acredita que TODOS lá sabem do segredinho de Meg. Por isso esse CLIMÃO MANERO escroto ultimamente.

E olha, até curto essa porrada de coisa acontecendo finalmente. Mas preferiria que fosse uma DR de cada vez. Ta difícil de focar nesse programa.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: